Gorreana


Localizada na ilha de São Miguel, no arquipélago dos Açores, a Gorreana é a mais antiga ,e atualmente única, plantação de chá da Europa.

Reconhecida internacionalmente como produtora de chá de primeira classe, a Gorreana é, desde 1883, um negócio de familia que começou quando Ermelinda Gago da Câmara e o seu filho José Honorato abriram a fábrica e venderam a primeira produção de chá sob a chancela Gorreana.

Plantado a centenas de kilometros afastado da poluição industrial nas vastas montanhas da luxuriante propriedade Gorreana sem o uso de quaisquer herbicidas, pesticidas, fungicidas, corantes ou conservantes e colhido entre Abril e Setembro, o chá (preto e verde) da Gorreana é , efetivamente, um produto 100% orgânico uma vez que devido ao facto das pragas normais da planta do chá (camélia sinensis) não sobreviverem no clima da ilha, a Gorreana não sente necessidade de utilizar quaisquer quimicos nas suas plantações. O resultado é todo um legado de 130 anos de cultivo e comercialização de chás de primeira qualidade, escolhidos à mão e isentos de quimicos que merecem o reconhecimento internacional que os chás Gorreana têm, sendo os mais apreciados na Europa desde a altura em que a arte de cultivar chá foi introduzida nos Açores por dois especialistas chineses em Setembro de 1874.

Em 2012, Bertha Meireles-Hintze, a matriarca da família, foi galardoada em São Miguel com a Medalha de Mérito pelo seu empenho em manter a Gorreana enquanto empresa familiar desde o início da sua atividade no século XVIII.

Visitada anualmente por milhares de pessoas, a Gorreana enquanto plantação, fábrica e museu, é o local idilico para degustar uma chávena de chá ao mesmo tempo que se pode apreciar as máquinas Marshall originais datadas de 1840 ainda em funcionamento na fábrica. O cheiro do chá fresco e das flores que circundam a propriedade associados à vista deslumbrante sobre o mar azul e o verde inebriante das montanhas constitui um autêntico paraiso tão peculiar como o chá das nossas plantações que deve as suas características únicas ao nosso clima, ao PH do solo argiloso, ácido e rico em minerais e, claro, à briza maritima que cai sobre as plantações e aos métodos de cultivo artesanais. São essencialmente estas as razões pelas quais o único local onde se produz chá na Europa há mais de um século é aqui nas plantações Gorreana na inebriante ilha de São Miguel.

Atualmente as plantações da Gorreana cobrem uma área de 32 hectares de onde se produzem cerca de 33 toneladas de chá por ano nas variedades de preto e verde. Uma pequena parte da produção é destinada ao Mercado açoreano sendo que a restante é exportada para muitos paises como Portugal Continental, Alemanha, EUA, Canadá, Austria, França, Italia, Brazil, Angola, Japão, entre muitos outros paises que valorizam acima de tudo a qualidade e singularidade dos chás Gorreana.